Desempregado mistura ração a feijão para ter o que comer em MG

Conheça a triste historia do cidadão de Igarapé que teve que se alimentar com uma mistura por mais de 20 dias; após a repercussão do caso, diversos grupos se mobilizam para ajudá-lo.

Um morador de Igarapé, na região metropolitana de Belo Horizonte, usou uma mistura de ração para cachorro e legumes para aumentar sua dieta diária e não passar fome por mais de 20 dias.

O ultimo emprego de Jorge Nonato foi como auxiliar geral no ano de 2015 e, desde então, ele não consegui mais nenhum emprego de carteira assinada. Para sobreviver, ele começou a fazer bicos, mas devido à pandemia de covid-19, o número de oportunidades reduziu drasticamente.

Os benefícios do Bolsa Família recebidos por Nonato o ajudaram a pagar suas despesas, mas o aumento dos preços dos alimentos dificultou ainda mais a situação do desempregado, e eles viram que o armário estava quase vazio.

“Faz muitos anos que não sei o que é pegar em um carrinho de supermercado. Uso ração de cães para complementar a minha alimentação. Se você cozinhar com feijão, fica até gostoso e é nutritivo e mais barato”.

Clique em modo de preparo para continuar lendo a matéria